Relacionados

Newsletter




Evangelho de Segunda-feira, 11 de Março de 2013

S. João 6,1-15
"1 Depois disto, Jesus retirou-se para a outra margem do lago da Galileia ou lago de Tiberíades. 2 Seguia-o uma grande multidão, porque via os milagres que ele fazia a favor dos doentes. 3 Jesus subiu a um monte e sentou-se lá com os discípulos. 4 Estava próxima a Páscoa, a festa dos judeus. 5 Vendo que uma grande multidão vinha ter com ele, Jesus voltou-se e perguntou a Filipe: «Onde é que havemos de comprar pão para dar de comer a tanta gente?» 6 (Dizia isto para o experimentar, pois ele bem sabia o que havia de fazer). 7 Filipe respondeu-lhe: «Nem com duzentas moedas de prata se comprava pão que chegasse para dar um bocado a cada um!» 8 Então André, outro dos seus discípulos e irmão de Simão Pedro, observou: 9 «Está aqui um rapaz com cinco pães de cevada e dois peixes. Mas que é isto para tanta gente?» 10 Jesus ordenou então aos discípulos: «Mandem sentar toda a gente.» Havia muita erva naquele lugar e sentaram-se nela. Só homens eram uns cinco mil. 11 Jesus pegou nos pães, deu graças a Deus e distribuiu-os à multidão. Fez o mesmo com os peixes e comeram quanto quiseram. 12 Quando ficaram satisfeitos, Jesus disse aos discípulos: «Recolham os pedaços que sobraram, para que nada se perca.» 13 Recolheram-nos e encheram doze cestos com o que sobrou dos cinco pães de cevada. 14 O povo, ao ver o sinal que Jesus tinha feito, exclamou: «Este é, na verdade, o profeta que havia de vir ao mundo!» 15 Jesus percebeu que queriam levá-lo à força, para o proclamarem rei, e retirou-se de novo, sozinho, para o monte."