Relacionados

Newsletter




Evangelho de Quarta-feira, da Natividade de S. João Baptista, 24 de Junho de 2020

S. Lucas 1,57-66 e 80

"57Quando acabou o tempo, Isabel teve um menino. 58Os vizinhos e os parentes foram dar-lhe os parabéns com muita alegria, por verem que Deus tinha mostrado tão grande misericórdia com ela. 59Quando o menino tinha oito dias foram circuncidá-lo e queriam pôr-lhe o nome de Zacarias, como o pai. 60Mas a mãe disse: «De maneira nenhuma! Ele vai chamar-se João.» 61Responderam-lhe: «Mas não há ninguém na tua família com esse nome!» 62E perguntaram por gestos ao pai do menino como é que ele queria que o filho se chamasse. 63Zacarias pediu então uma tabuinha e escreveu: «O nome dele é João.» E ficaram todos muito admirados. 64Nesse momento, voltou a fala a Zacarias e ele pôs-se a dar louvores a Deus. 65Os vizinhos ficaram assustados com o que viram. E a notícia espalhou-se logo por toda a região montanhosa da Judeia. 66Todos os que ouviam falar do que tinha acontecido ficavam a pensar e perguntavam: «Que virá a ser este menino?» De facto, a mão do Senhor estava com ele. 80O rapazico desenvolvia-se no corpo e no espírito e viveu no deserto até ao dia em que se apresentou ao povo de Israel."