Relacionados

Newsletter




Evangelho de Terça-feira, 14 de Junho de 2022

S. Mateus 15,29-39

"29Jesus saiu daquela região e seguiu pela margem do lago da Galileia. Subiu ao monte e sentou-se. 30Então foi lá ter com ele uma grande multidão trazendo consigo coxos, aleijados, cegos, mudos e muitos outros doentes. Puseram-nos aos pés de Jesus e ele curou-os. 31O povo ficou cheio de espanto ao ver os mudos a falar, os aleijados a ficarem sãos, os coxos a andar e os cegos a ver. E davam louvores ao Deus de Israel. 32Então Jesus chamou os discípulos para junto de si e disse-lhes: «Estou com pena desta gente. Andam comigo há três dias e não têm nada para comer. Não quero mandá-los embora com fome, senão são capazes de cair de fraqueza pelo caminho.» 33Os discípulos perguntaram-lhe: «Onde é que havemos de arranjar, aqui neste deserto, pão que chegue para matar a fome a tanta gente?» 34Jesus perguntou: «Quantos pães têm aí?» Eles responderam: «Sete e alguns peixes.» 35Jesus mandou o povo sentar-se no chão. 36Pegou nos sete pães e nos peixes, deu graças a Deus, partiu-os e ia-os dando aos discípulos. E os discípulos davam-nos ao povo. 37Todos comeram até ficarem satisfeitos, e ainda se encheram sete cestos com os pedaços que sobejaram. 38Ora o número dos homens que comeram era de quatro mil, não contando mulheres e crianças. 39Depois Jesus mandou o povo embora, entrou no barco e foi para os lados de Magadã."