Relacionados

  • Reflexão 11-7-2020

    Companhia "A promessa de Deus é a promessa da companhia divina, diante das adversidades. Seja o...

  • Reflexão 10-7-2020

    Comunidade "São precisamente os indivíduos que achamos difíceis que podem, muito bem, ser os...

  • Reflexão 9-7-2020

    Injustiça "Porque é que Deus se importa com a política e injustiça sistêmica? Porque Deus...

  • Reflexão 8-7-2020

    Pacto "A aliança de Deus é com a humanidade como um todo, e ser humano é a única qualificação. A...

  • Reflexão 7-7-2020

    Arrependimento "Arrepender é a primeira palavra da proclamação pública de Jesus, na sua mensagem. A...

  • Reflexão 6-7-2020

    Medo "Jesus promete que nos encontrará na experiência do medo. Ele diz-nos: "lembre-se, estou...

Newsletter




11.º dia da Novena de Oração da Ascensão ao Pentecostes - "Venha o teu Reino" - 31-5-2020

Leitura:

Quando chegou o dia da festa do Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um ruído semelhante ao de um vento forte que ressoou por toda a casa onde se encontravam. Foram então vistas por eles umas línguas como de fogo, que se espalharam e desceram sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. Encontravam-se em Jerusalém, nessa altura, judeus devotos vindos de todas as nações do mundo. Quando se ouviu aquele ruído, juntou-se muita gente e ficaram todos admirados, porque cada um deles os ouvia falar na sua própria língua. A multidão ficou deveras maravilhada, e diziam uns aos outros: «Estes homens que estão a falar não são todos da Galileia? Como é que cada um de nós os ouve na nossa própria língua?» (Actos 2,1-8

Reflexão:

No dia de Pentecostes, Deus enviou o Seu Espírito Santo, como ajudante e consolador, e capacitou os discípulos a proclamar - em diferentes idiomas - as maravilhas de Deus para que pessoas de todas as nações pudessem compreender. Isto mostra-nos que o Espírito de Deus está presente em todas as situações. Quando compartilhamos a nossa fé com os nossos amigos, podemos pedir ao Espírito para nos ajudar a 'traduzir' as boas novas do amor de Deus de forma a que possam entender como isso os afecta nas suas vidas e situações. No Pentecostes, lembramos que o Espírito Santo vive em nós. Não nos acostumemos demasiado a este facto incrível! Que privilégio temos. O Espírito desperta-nos para o amor que Deus tem por nós e ajuda-nos a amar os outros.

Oração:

Espírito Santo, obrigado por viveres em mim, mostrando-me o amor de Deus e ajudando-me a compartilhar esse amor com os outros

Acção:

A próxima vez em que tenhas a oportunidade de falar acerca da tua fé, lembra-te conscientemente de que o Espírito Santo vive em ti

https://www.youtube.com/watch?v=rqogANvE4V4&feature=youtu.be